Coluna

Coluna

Farofa Antenada

Ver coluna

Sucesso, Vai na Fé é censurada pela Globo e choca a todos com decisão inesperada

Por Redação

Os telespectadores do programa Vai na Fé, da Globo, estavam ansiosos por um momento especial no episódio desta quarta-feira (10). No entanto, a emissora surpreendeu ao cortar algo que estava previsto nos resumos da novela de Rosane Svartman. Isso levou os internautas a criticarem o canal por essa atitude.

Uma das cenas exibidas ontem deveria mostrar um beijo entre Clara (Regiane Alves) e Helena (Priscila Sztejnman). Isso ocorreria em um momento em que havia uma tensão entre as duas personagens. No entanto, o aguardado beijo não aconteceu, o que deixou muitas pessoas desapontadas.

O público assistiu a uma cena fragmentada, na qual uma das personagens estava deitada, enquanto a outra parecia se aproximar para o beijo. Clara até mesmo levantou a mão à boca para explicar por que ela hesitou, mas foi evidente um corte abrupto.

Os fãs do romance entre as duas personagens comentaram sobre a situação e criaram a hashtag “#ClarenaDay”, que se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter.

Uma pessoa escreveu: “Fizeram todo o marketing para depois censurar o beijo Clarena. Parabéns, seus canalhas, o boicote vai começar”.

“Uma cena que tinha potencial para ser linda e complexa acabou sendo tosca e sem sentido, e não por culpa do texto, da direção ou da atuação. Que vergonha!” criticou outra pessoa.

Regiane Alves tomou uma atitude após as críticas à cena de Vai na Fé. Nas redes sociais, a atriz falou sobre a revolta que a censura causou nos telespectadores.

“Devagar e sempre… Um passo de cada vez para construir um futuro onde todas as formas de amor possam ser aceitas e celebradas”, disse a intérprete de Clara.

Ela também deu a entender que, de fato, estava planejado que as duas personagens se beijassem nesse momento.

Deixe o seu comentário:

Comente