“Os filhos de Gugu levantam dúvidas no processo: “Foi contratada uma barriga de aluguel?”

Por Elton Marques
01/06/2023

Reunião Vazada Revela Detalhes da Disputa pela Herança de Gugu Liberato

Uma reunião ocorrida entre os filhos de Gugu Liberato e os advogados envolvidos na disputa pela herança do apresentador foi vazada para a imprensa, revelando detalhes importantes sobre a vida da família.

Desde a morte de Gugu, em novembro de 2019, os filhos, a esposa Rose e o namorado Thiago têm estado em uma batalha para obter parte do dinheiro deixado pelo apresentador, cujo patrimônio ultrapassa R$ 1 bilhão. Nas conversas divulgadas pela revista Veja, os filhos de Augusto Liberato discutem sobre o casamento de Gugu com a mãe deles e o relacionamento do pai com o chef de cozinha Thiago Salvático.

Um dos principais debates entre os filhos é o reconhecimento da união estável entre Gugu e Rose. A dúvida sobre a relação não era apenas do público, mas também dos próprios filhos de Augusto, que questionavam se Rose poderia ter sido apenas uma barriga de aluguel. As conversas são provenientes da transcrição de uma reunião. “Ela não foi uma barriga de aluguel”, afirma Marina, filha do casal. João Augusto, também filho do casal, responde à pergunta de Marina: “É João, você acha que a nossa mãe foi uma barriga de aluguel?”. Marina rebate: “Tá bom, mas a minha mãe… O meu pai escolheu ela por alguma razão. Não escolheu qualquer pessoa”.

O primogênito de Gugu expressa o desejo de chegar a um acordo há meses, para encerrar o processo judicial. “A gente quer fazer um acordo em que ela se sinta bem, é isso que a gente quer. Só que não vai ter união estável, porque não existiu união estável”, afirma. A diferença de visões entre união estável e barriga de aluguel se tornou um ponto crucial entre Augusto e Marina. Marina destaca: “Não quero o meu nome no Brasil inteiro sendo reconhecido como ‘a menina que nasceu de uma barriga de aluguel’ (que imagem ridícula). Nossa mãe nunca vai aceitar não ser reconhecida como união estável, então não vai ter acordo sem o reconhecimento para ela”.

João Augusto reclama que a mãe e a família entraram em processos contra eles e expuseram suas vidas para o Brasil inteiro pela mídia. Marina rebate, afirmando que se a mãe não for reconhecida, outra pessoa, como Thiago Salvático, poderia entrar com um processo contra eles. Os advogados das gêmeas Marina e Sofia Liberato também criticam a quebra de confidencialidade do caso. Em nota enviada ao Estadão, eles ressaltam que “além da quebra de confidencialidade da conversa parcialmente divulgada com fins espúrios, foi frontalmente violado o direito à privacidade e intimidade das herdeiras, conforme prevê a Constituição”.

Veja também:

Fique por dentro de outros assuntos do mundo do entretenimento e do mundo dos famosos no Instagram @entreter7 e no programa Antena Tarde. De segunda a sexta, às 13h com participação de Alexandre Moreno, na Rede Antena7 e na TV Farol (canal 16.1 em Maceió).

Esse texto pode ter conteúdo produzido por IA como co-autor.

POLÊMICA