Morre o cantor alagoano Carlos Moura, autor da música “Minha Sereia”

Por CadaMinuto
06/06/2023

Morreu, aos 73 anos, o cantor  e compositor alagoano Carlos Moura. Ele sofreu duas paradas cardíacas, nesta terça-feira (6), em Salvador, no estado da Bahia, e não resistiu. 

Carlos Moura é o compositor da música “Minha Sereia”, que exalta as belezas da capital alagoana, Maceió. A música é conhecida nacionalmente e muito cantada em festas populares da cidade.

Moura era natural do município de Palmeira dos Índios, onde nasceu no dia 15 de abril de 1950, Ele iniciou a carreira na década de 70, em Maceió, cantando em matinês. Fez parte dos grupos “Os Bárbaros” e “Vento”. Em 1980 ele se mudou para o estado do Rio de Janeiro, onde iniciou carreira solo, com forte influencia regional. Foi lá que ele gravou a música “Minha Sereia”.

Com dois discos gravados no Rio, “Reviravolta” e “Rosa do Sol”. Além da música considerada um hino de Maceió, ele também compôs: “Rosa de Sol”, “Beijo de Planeta” e “Sete Léguas de Saudade”, sucessos no verão de 1982.

Em nota, a Prefeitura de Palmeira dos Índios lamentou a forte do filho ilustre da cidade e decretou luto oficial por três dias.

Informações sobre velório e sepultamento ainda não foram divulgadas.

Confira a nota da Prefeitura de Palmeira, na íntegra:
 

“A Prefeitura de Palmeira dos Índios lamenta, com pesar, o falecimento do cantor e compositor palmeirense Carlos Moura.

Carlos Moura deixa um grande legado musical para Alagoas e o mundo, além da simpatia e simplicidade com que tratava as pessoas que tiveram a oportunidade de conviver com ele.

Em homenagem à memória de Carlos Moura, a prefeitura decretará luto oficial durante três dias. Aos familiares e amigos enlutados, expressamos os mais profundos sentimentos de pesar e o conforto que só Deus pode ofertar neste momento de intensa dor.”

Veja também:

Fique por dentro de outros assuntos do mundo do entretenimento e do mundo dos famosos no Instagram @entreter7 e no programa Antena Tarde. De segunda a sexta, às 13h com participação de Alexandre Moreno, na Rede Antena7 e na TV Farol (canal 16.1 em Maceió).

Esse texto pode ter conteúdo produzido por IA como co-autor.