Ludmilla se revolta com PL que proíbe união homoafetiva: “Até quando vamos precisar lutar?”

Por natelinha.uol
28/09/2023

Ludmilla usou suas redes sociais nesta quarta-feira (27) para expressar sua indignação com um projeto de lei (PL) que proíbe a união homoafetiva. A cantora, que é casada com a dançarina Brunna Gonçalves, disse que é difícil de acreditar que algo desse tipo ainda seja debatido por parlamentares.

“Até quando vamos precisar lutar para sermos reconhecidos legalmente como casal e garantir direitos básicos para vivermos a plenitude de uma relação?”, iniciou a artista, em sua página no Twitter.

Na continuação do post, Ludmilla escreveu: “Gerar, criar, adotar filhos, com a tranquilidade de saber que sempre vamos poder usufruir de tudo o que o mundo tem a nos oferecer sem nos preocuparmos se vamos poder contar com os nossos direitos como família, depois de cumprirmos tantos deveres”. Por fim, a artista fez menção a sua própria relação e as de outros famosos, como Paulo Gustavo (1978-2021) e Thales Bretas e Nanda Costa e Lan Lanh: “Aqui, peço licença para falar por todas as Ludmillas, Brunnas, Paulos, Thales, Nandas, Lan Lanhs, porque o amor, este, em tempo nenhum, vocês vão poder nos negar. #OAmorVence #CasamentoLGBTSim”.

O PL que proíbe a união entre pessoas do mesmo sexo será apreciado hoje na Comissão de Previdência e Família da Câmara dos Deputados. Porém, o texto ainda precisa receber um parecer favorável vindo da Comissão de Direitos Humanos.

Veja também:

Fique por dentro de outros assuntos do mundo do entretenimento e do mundo dos famosos no Instagram @entreter7 e no programa Antena Tarde. De segunda a sexta, às 13h com participação de Alexandre Moreno, na Rede Antena7 e na TV Farol (canal 16.1 em Maceió).

Esse texto pode ter conteúdo produzido por IA como co-autor.

POLÊMICA