Coluna

Coluna

Farofa Antenada

Ver coluna

Flávia Alessandra e Otaviano desmentem prática de ‘chuva dourada’

Por Bhaz

A atriz Flávia Alessandra usou as redes sociais na tarde desta segunda-feira (11) para desmentir os boatos de que ela e o marido seriam adeptos do “golden shower” (“chuva dourada”, em português), fetiche que consiste em urinar em cima do parceiro. A polêmica começou depois que a atriz falou sobre a prática em um programa da GNT.

Um trecho da participação de Flávia Alessandra e Otaviano Costa no programa “Sobre Nós Dois”, apresentado por Sabrina Sato e Marcelo Adnet, repercutiu nas redes sociais esta tarde. No vídeo, Otaviano inicia a conversa perguntando se Sabrina fazia o “número 2” na frente do parceiro. “Cocô não, xixi eu até faço”, respondeu a apresentadora.

Nesse momento, Flávia pegou o gancho e disparou: “xixi, claro! Eu faço nele, inclusive”. Na sequência, Otaviano e Adnet entraram na brincadeira aos gritos de “golden shower! Golden shower!”. A atriz ainda olhou para o marido e completou: “você gosta”.

Atriz desmente rumores

Após a repercussão das imagens, Flávia Alessandra desmentiu os rumores de que ela e o marido praticam golden shower. “Participamos de um programa na semana passada e foi delicioso! Nos divertimos muito e eu acho que essa é a proposta do programa, da gente se divertir e brincar”, iniciou.

A atriz explicou que fez um comentário no calor do momento e que o marido entrou na brincadeira. “A coisa está se propagando tanto que estou vindo aqui para dizer que não é verdade. Não vejo nenhum problema, acho que cada um sabe da sua vida e o que lhe faz bem, mas não é o nosso caso. Era tudo uma brincadeira, uma farra”.

Arreda pra Cá

Nesta semana, o podcast do BHAZ desvenda tudo sobre um dos rolês queridinhos dos belo-horizontinos: o Mercado Novo. Quem passa pelo nosso sofá agora é Rafael Quick, primeiro empreendedor a ocupar o agora disputado segundo andar do mercado e precursor do movimento que mudou radicalmente os ares do espaço no baixo Centro de BH e a cena cultural da capital mineira.

Completando cinco anos da reocupação do Mercado Novo, Quick contou tudo sobre como foi chegar ao espaço, como os primeiros empreendedores deste novo movimento se esforçaram para não “expulsar” quem já trabalhava ali e até quem eles não queriam que ocupasse os corredores do Mercado Novo.

O papo também passou pela Cervejaria Viela, pelo Juramento 202, pelo Forno da Saudade e pela mais recente Casa Alvorada, espaços que atraem milhares de pessoas e que, além da proposta similar, têm outra coisa em comum: são todos empreendimentos de Rafael Quick. O episódio completo do Arreda pra Cá vai ao ar nesta terça-feira (12), às 17h.

Deixe o seu comentário:

Comente