“Despedida de Anamaria Teixeira de Carvalho, a inspiração da ‘Mulher de Branco de Ipanema'”

Por Elton Marques
04/08/2023

Na última quinta-feira (3), faleceu aos 75 anos Anamaria Teixeira de Carvalho, mais conhecida como a “Mulher de Branco de Ipanema”. A triste notícia foi divulgada pelo cantor e compositor Marcos Valle, seu ex-marido. Ela ficou famosa pelo hábito de caminhar pelas ruas do bairro de Ipanema, no Rio de Janeiro, sempre vestida de branco e com uma flor na mão.

Marcos Valle compartilhou a notícia enquanto estava em turnê na Europa. Ele relembrou o tempo em que foram casados, quando eram jovens, e descreveu Anamaria como uma mulher/menina de personalidade forte, alegre, justa e amorosa. Juntos, foram felizes tanto no Brasil quanto em viagens pelo mundo. No entanto, a vida os levou por caminhos diferentes. Durante todo esse tempo, ele e o irmão de Anamaria, Luiz Carlos, mantiveram contato e ajudaram-na no que fosse preciso. Desejou que ela siga na luz e que a família encontre paz.

Nas redes sociais, os moradores de Ipanema lamentaram a partida dessa figura emblemática do bairro. Muitos a compararam à famosa “Garota de Ipanema” e a homenagearam como a primeira-dama do local. Os comentários expressaram desejos de paz e esperança em algo especial para Anamaria.

A trajetória de Anamaria teve raízes no Rio de Janeiro, onde cresceu imersa no meio artístico das décadas de 60 e 70. Em 1965, casou-se com Marcos Valle, e juntos, desempenharam um papel essencial na divulgação da bossa nova pelo mundo. Porém, o casamento chegou ao fim em 1969. Ao lado de Marcos, interpretou canções memoráveis, como o clássico “Samba de Verão”. Em seguida, atuou como cantora em shows ao lado do pianista e compositor Sergio Mendes, chegando a se apresentar em Nova York.

Após essa fase, viveu por um período em Arembepe, na Bahia, onde teve contato com o movimento hippie, mas acabou retornando ao Rio. Em setembro de 2011, recebeu uma homenagem através do documentário intitulado “Anamaria: A Mulher de Branco de Ipanema”, produzido pelo jornalista Chico Canindé. O filme contou com depoimentos de personalidades como a atriz Guilhermina Guinle, o jornalista Joaquim Ferreira dos Santos e o cantor Lobão.

Veja também:

Fique por dentro de outros assuntos do mundo do entretenimento e do mundo dos famosos no Instagram @entreter7 e no programa Antena Tarde. De segunda a sexta, às 13h com participação de Alexandre Moreno, na Rede Antena7 e na TV Farol (canal 16.1 em Maceió).

Esse texto pode ter conteúdo produzido por IA como co-autor.

LUTO