Coluna

Coluna

JUNIOR CALHEIROS

Ver coluna

Artistas se recusam a pagar por selo de verificação do Twitter

selo-tt

O Twitter anunciou que a partir de hoje (1º) irá retirar os selos de verificação das contas “verificadas”, que era um reconhecimento dado pela plataforma a pessoas e empresas notáveis.

Anteriormente, para receber o selo, era necessário comprovar a identidade do titular da conta e sua relevância na rede social. Agora, qualquer usuário pode obter o título por uma taxa mensal de R$42. Muitos usuários não concordaram com essa decisão e afirmaram que não pagarão pela verificação, incluindo a conta oficial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o influenciador Felipe Neto, LeBron James e até a Casa Branca.

Os usuários verificados desfrutavam de alguns benefícios, como maior alcance nas publicações e menos anúncios no feed. Agora, esses privilégios serão exclusivos para os usuários pagantes. A medida polêmica da rede social foi anunciada logo após sua aquisição pelo bilionário Elon Musk, que tem sido objeto de polêmica devido a suas posições em relação à liberdade de expressão e sua simpatia pela extrema direita, grupo político que tem sido alvo do combate à desinformação e mentiras, táticas estratégicas para eles.

Últimas Notícias