Justiça nega recurso de Luísa Sonza em processo contra ex-agência

Por Redação com informações do Em Off
23/02/2023

Segundo o site Em Off, o conflito entre Luísa Sonza e a empresa Chantilly Produções Artísticas LTDA parece estar longe de acabar. Após a agência apresentar um recurso de Embargo de Declaração, insatisfeita com o resultado do processo, a cantora decidiu seguir o mesmo caminho. No entanto, o resultado não foi favorável para Sonza, já que o recurso foi indeferido pelo juízo. De acordo com o magistrado Leonardo Fernando de Souza Almeida, os Embargos de Declaração não servem para revisão do conteúdo da sentença.

No recurso, a cantora argumentou que a sentença parcialmente procedente, que tratava da rescisão do contrato por justa causa, era contraditória. Além disso, Luísa mencionou os depoimentos das testemunhas, afirmando que uma delas ficou confusa quando perguntada sobre a capacidade da Chantilly em dar a projeção prometida à cantora. Outra testemunha, empresário do ramo fonográfico, mencionou a existência de alternativas aos shows presenciais durante a pandemia, como as lives, que poderiam gerar lucro.

O conflito judicial começou quando a cantora rescindiu o contrato de prestação de serviços de agenciamento profissional de show com a empresa. Segundo o juízo, Luísa poderia rescindir o contrato a qualquer momento, desde que o faturamento bruto arrecadado fosse inferior a R$ 720 mil nos primeiros 12 meses, o que, de fato, aconteceu. No entanto, a pandemia da Covid-19 afetou negativamente o setor cultural, o que teria prejudicado tanto a autora quanto a ré. A empresa teria condições de atingir o valor inicialmente contratado, caso não fosse a pandemia.

Veja também:

Fique por dentro de outros assuntos do mundo do entretenimento e do mundo dos famosos no Instagram @entreter7 e no programa Antena Tarde. De segunda a sexta, às 13h com participação de Alexandre Moreno, na Rede Antena7 e na TV Farol (canal 16.1 em Maceió).

Esse texto pode ter conteúdo produzido por IA como co-autor.

FAMOSOS